domingo , 19 agosto 2018
Início / CAPA / Latin NCAP Sandero e Logan vão mal em teste de segurança

Latin NCAP Sandero e Logan vão mal em teste de segurança

 

Últimos resultados do Latin NCAP: Sandero/Logan continua com uma estrela

O popular Renault Sandero/Logan conseguiu apenas uma estrela para a Proteção do Ocupante Adulto e três estrelas para a Proteção do Ocupante Infantil. O Sandero/Logan obteve uma proteção pobre no peito do motorista no impacto frontal e lateral, explicando a única estrela para a Proteção do Ocupante Adulto. Apesar de o Sandero/Logan contar com barras laterais nas portas, a falta de uma estrutura de melhor desempenho e dispositivos de absorção de energia, para o impacto lateral, explicam o baixo rendimento no impacto lateral. O Sandero/Logan ainda não oferece cintos de três pontos em todos os bancos de forma padrão, não tendo ancoragens ISOFIX como equipamento padrão. Esse fato surpreende levando em conta que o Sandero lançado na África, testado pelo Global NCAP, possui cintos de três pontos em todos os assentos, bem como ISOFIX como equipamento padrão. A Renault confirmou que irá melhorar o desempenho de segurança do Sandero/Logan.

Alejandro Furas, Secretário Geral do Latin NCAP, disse:

“É alentador encontrar mais modelos cinco estrelas na região. Contudo, para alguns fabricantes, a proteção dos ocupantes infantis ainda não conta com a mesma prioridade que para os ocupantes adultos. É uma enorme preocupação para o Latin NCAP que ainda um dos modelos mais vendidos na região, como é o Sandero/Logan, ofereça um nível de proteção tão baixo, que não possua ESC e tenha uma proteção mínima contra impactos laterais.

Nosso trabalho demonstrou que testar modelos e publicar seus resultados para informar adequadamente os consumidores é a ferramenta mais poderosa e eficiente, que está impulsionando o mercado latino-americano a contar com mais carros seguros, além e bem antes que as regulações governamentais. Essa mudança é, em grande parte, por causa dos consumidores e gerentes de frota. Os governos deveriam alentar e promover a qualificação obrigatória para todos os automóveis vendidos em seus mercados, visando acelerar a mudança em direção a carros mais seguros. Os governos deveriam impulsionar e criar incentivos para todos os carros contarem com tecnologias de segurança ativa, como o ESC e a frenagem autônoma de emergência”.

Ricardo Morales Rúbio, Presidente da Comissão Diretiva do Latin NCAP, comentou:

“Os últimos resultados do Latin NCAP mostram claramente as consequências da falta de regulamentações sólidas em toda a região da América Latina e do Caribe. Os carros mais vendidos ganham, ainda, resultados decepcionantes, sendo isso inaceitável para os consumidores. Alentamos a melhorar esses modelos à brevidade, assumindo ações claras de responsabilidade corporativa que serão refletidas em vidas salvas”.

 

 

Acerca do Latin NCAP

O Programa de Avaliação de Carros Novos para a América e o Caribe (Latin NCAP) foi lançado em 2010 para desenvolver um sistema regional independente de testes de colisão de veículos e de qualificação de segurança na região. O Latin NCAP replica programas de testes de consumidores similares desenvolvidos nos últimos trinta anos na América do Norte, na Europa, na Ásia e na Austrália, demonstrando ser muito eficazes no progresso da segurança dos carros. Desde 2010, o Latin NCAP vem publicando os resultados de mais de 60 veículos, em seis fases de teste.

O Latin NCAP agradece o apoio recebido do Global New Car Assessment Programme (Global NCAP), do International Consumer Research and Testing (ICRT), da FIA Foundation, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e da Bloomberg Philanthropies Global Road Safety Initiative.

O Latin NCAP é membro associado do Global NCAP e apoia o Decênio de Ação das Nações Unidas para a Segurança Viária 2011-2020, especialmente o pilar referido ao veículo do Plano Mundial e à iniciativa Stop the Crash.

Sobre Nilton Saciotti

Nilton Saciotti é publicitário e jornalista (MTB – 04871) passou por agências PA Publicidade (Grupo Pão de Açúcar), Master Comunicação e Arvore Sul. Em 1996 especializou no jornalismo automotivo com programas de TV nas afiliadas do SBT, Record e Rede Mercosul no Paraná e em 2017 completou 850 páginas publicadas sobre carros durante 15 anos no Jornal Bem Paraná (Ex Jornal do Estado) em Curitiba.

Além disso, verifique

Nova geração do Porsche Cayenne chega ao Brasil

   A Porsche Brasil apresenta, entre os dias 14 e 15 de agosto, a terceira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

*