quinta-feira , 29 junho 2017
Início / Avaliações / Avaliamos o Cooper S Clubman: Um Mini grande.

Avaliamos o Cooper S Clubman: Um Mini grande.

Maior Mini já produzido, perua traz espaço interno ideal para famílias

Um Mini só no nome, o Clubman é o maior Mini já fabricado. E o mais equipado de outros carros da marca vendidos no Brasil. E por fim, mas não menos surpreendente, é o primeiro carro que tem a versatilidade como principal atributo de compra.

O Clubman tem uma extensa lista de itens de série: há ar-condicionado digital de duas zonas, seis airbags, controles de tração e estabilidade, 3 modos de direção, bancos de couro, e dianteiros com ajustes elétricos e memória (para o motorista), teto solar panorâmico, central multimídia com GPS e HD interno de 20 Gb, sistema de som Harman/Kardon, rodas de 18 polegadas, faróis de LED, abertura do porta-malas automática com movimento das pernas, head up display, acesso e partida sem a necessidade de chaves nas mãos. E mais retrovisores, quando as portas estão abertas, projetam uma luz no chão que forma o desenho do logotipo da Mini. A cabine também recebe iluminação colorida, com LEDs.

São 4,25 m de comprimento, ou 27 cm maior do que o Mini hatch 5 portas, que já não é dos mais compactos. O entre-eixos, espaço efetivo para os ocupantes, é de 2,67 m, ou 10 cm a mais do que o hatch. Por fim, no porta-malas vão bons 360 litros, contra 278 l do modelo com 5 portas. O modelo acomoda muito bem quatro adultos, mesmo que eles tenham mais de 1,80 m. O espaço para as pernas é bom, e para a cabeça, melhor ainda.

O modelo possui algumas diferenças para o Mini tradicional. A maior parte delas está na traseira. A perua não possui abertura do porta-malas convencional, para cima. São duas portas, cada uma abrindo para uma lateral. Desta forma, é possível abrir apenas o lado direito ou as duas, facilitando o acesso ao compartimento. Se as mãos estão ocupadas, basta fazer o movimento de um chute abaixo do para-choque, que uma porta se abre. Para abrir a outra, basta repetir o gesto.

Outra diferença em relação ao hatch são as lanternas, horizontais e posicionadas mais ao centro. Na largura, o Clubman também é mais imponente. São 9 cm a mais, chegando a 1,80 m.

Trazido em única versão, a Cooper S, o Clubman tem motor 2.0 turbo, que gera 192 cv e 28,6 mkgf a apenas 1.250 rpm. Além do torque alto entregue a baixa rotação, o Clubman traz pela primeira vez à linha Mini o rápido câmbio automático de oito marchas.

Mini Clubman é a opção mais racional da gama. Ela atende aos requisitos básicos de quem procura um Mini, a esportividade e o estilo, e, de quebra, ainda pode ser uma boa opção para a família.

O Mini Cooper avaliado foi cedido pela concessionária Euro Import de Curitiba Avenida Presidente Arthur Bernardes,575.

 

FICHA TÉCNICA

Preço sugerido – R$ 149.500
Motor – 2.0 turbo, 4 cil., 16V, gasolina
Potência – 192 cv a 5.000 rpm
Torque – 28,6 mkgf a 1.250 rpm
Câmbio – Automático, oito marchas
0 a 100 km/h – 7,1 segundos
Velocidade máxima – 228 km/h
Comprimento – 4,25 metros
Entre-eixos – 2,67 metros
Peso – 1.390 quilos
Porta-malas – 360 litros

Sobre Nilton Saciotti

Além disso, verifique

Novo BMW X3 é confirmado para o Brasil

O novo BMW X3 foi revelado hoje, segunda-feira (26), na fábrica do BMW Group na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

*